CHORO, CHORINHOS E CHORÕES

Meu pai (Músico, tocador de violão) adorava ouvir uma rádio chamada Scala 99 FM. Era uma rádio de música instrumental, que de manhã tinha um programa que só tocava choro. Então todos os dias, tomando café antes de ir pra escola, eu e meus irmãos ouvíamos choros do Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Altamiro Carrilho, Jacob do Bandolim, Garoto… Mesmo sem saber.

Essas coisas ficam na memória. Hoje eu sei da riqueza e da tradição destas músicas. E como elas foram importantes pra abrir caminho pro que veio depois. Sempre que ouço, lembro que por anos foi a “trilha sonora do café da manhã”.

Ano passado o João Macacão gravou um disco homenageando e celebrando o choro, com participações de grandes talentos do gênero. Luizinho 7 Cordas, Nailor Proveta, Alessandro Penezzi e outros.  Segue este álbum aqui embaixo:

E o vídeo de uma das músicas do disco, “A Deusa da Minha Rua”, com João Macacão e Alessandro Penezzi. (A música foi composta em 1939 por Newton Teixeira e Jorge Faraj)

Essa mesma música já foi gravada pela Zelia Duncan, em 2015, no ótimo disco “Eu me Transformo em Outras” que aliás também é um disco de choro. 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s