ROMERO LUBAMBO

É tanta coisa pra falar sobre este grande ídolo da música instrumental brasileira que não sei nem por onde começar. rs

Já sei, vou começar do hoje pra trás, mesmo sabendo que não vou conseguir escrever um post à altura da importância e da relevância do Romero.

Acabou de sair o disco “At Play” do Romero Lubambo com outros grandes, enormes, gigantes nomes da música brasileira. O pianista Helio Alves, o baterista Edu Ribeiro e o baixista (que no caso não é brasileiro, mas americano) Reuben Rogers.

Segue o link do disco no Spotify.

A faixa 3 se chama “Pro Romero”. Se trata de uma composição da pianista Débora Gurgel, em homenagem ao Romero, claro. 🙂 Abaixo o vídeo da versão original da música, gravada pelo DDG4 (Dany & Débora Gurgel Quarteto, a Dani é a filha da Débora, vocal do grupo. O baixista é o Sidiel Vieira e o batera é o Thiago Rabello – só fera)

Agora e versão do próprio Romero (que está no disco, linkado acima, mas segue o link do Youtube tbm)

Eu poderia falar e linkar mais trocentas coisas maravilhosas do Romero (rs) mas vou fechar com o disco Duo, que ele gravou em parceria com Cesar Camargo Mariano em 2005. Um clássico. ❤

GUINGA! 70 ANOS!

Já falei muito dele aqui no blog. Essa semana ele completou 70 anos, tem músicos do mundo todo fazendo homenagens. Já vimos (eu e a Gi!) muitos shows dele nos Sescs aqui de São Paulo. Guinga tocando sozinho, Guinga tocando com Fátima Guedes, Guinga tocando com Thiago Amud… Guinga sozinho de novo, Guinga com banda, Guinga fazendo homenagem pra Garoto, junto com Yamandu Costa, Paulo Belinatti e tantos outros (tem vídeo aqui no blog, no post GAROTO)… Guinga com quarteto Villa Lobos, muitos Guingas em um. rs…

Vou fazer um post rápido só com alguns vídeos interessantes deste grande, GRANDE artista. Começando pelo documentário que acabaram lançar sobre ele, com transmissão pelo Youtube no seu aniversário de 70.

Comecei logo pelo maior…. rs Mas também tem a entrevista dele no Um Café Lá em Casa. Muito boa.

Pra terminar, a música Passarinhadeira, acompanhado pela cantora portuguesa Maria João.

O Guinga tem muitas músicas ótimas. Um compositor clássico, influenciado por tudo que há de mais sofisticado. Acho que no documentário estão falando e explicando isso muito melhor do que eu aqui. rs…

Um que não podia faltar é o Guinga tocando Duas Contas, do Garoto, nessa homenagem que comentei, que foi no Sesc Pinheiros. A gente estava lá! 🙂 Uma das coisas interessantes do vídeo é como os outros violonistas (como o Yamandu) observam, fazem caretas, se olham… Na linguagem dos músicos estão dizendo “esse cara toca muito!” 🙂

Esse especial do Garoto tem inteiro no Youtube. Mas Garoto é outro assunto, hoje é dia de falar de Guinga. VIVA O GUINGA! 🙂

OLHA PRO CÉU!

Hoje é Dia de São João! Por causa do Corona, não tem festa junina. Então a comemoração é ouvir música de festa junina. rs

Tem uma música do Luiz Gonzaga (rei do baião) que se chama “Olha Pro Céu”. Vou colocar aqui 4 versões dessa música. Uma do próprio autor, outra de um grupo chamado “Cia Cabelo de Maria” (a música é cantada por uma criança), outra do Gilberto Gil e a última da Ceumar, uma versão A Capella.

Fiz uma playlist no Spotify com essas versões e mais algumas dessa música.

O CAETANO DESTE ANO

Caetano Veloso acaba de lançar um disco apresentando o clarinetista baiano Ivan Sacerdote. Um grande talento da música instrumental brasileira, que também toca na banda da cantora Rosa Passos. Algumas músicas deste disco foram gravadas em uma sessão na sede da VEVO, em Nova York. (como este vídeo abaixo)

Eles escolheram incluir no disco apenas músicas compostas por Caetano Veloso. Como é explicado nas matérias linkadas abaixo. Os dois links são de notícias falando sobre o lançamento do disco. O segundo tem uma entrevista também:

Portal G1

Rádio D24

Link para ouvir o disco no Spotify:

E fiz uma playlist intercalando músicas gravadas neste disco com versões mais antigas das mesmas músicas. (Gravadas pelo Caetano ou por outros como João Gilberto ou Gal Costa)

LOKUA KANZA

Lokua Kanza (link para wikipédia) é um cantor e compositor africano, nascido na República Democrática do Congo.

  1. Música dele, versão original.
  2. Mesma música, versão gravada pela cantora Gal Costa, arranjo de Cesar Camargo Mariano.
  3. Gal Costa e Lokua Kanza cantando numa mesma música. (Disco “Hoje” de Gal Costa, 2005)

ELIS, JOÃO E FILHOS

“Eu Hein, Rosa” – Composição de João Nogueira e Paulo César Pinheiro.

Aqui a versão original de João Nogueira (1974), depois a versão de Elis Regina (1979) e depois de alguns anos, uma nova versão cantada pelos filhos dos dois (2016). 🙂

João Nogueira (1974)

Elis Regina (1979)

Diogo Nogueira e Maria Rita (2016)

Bom pra assistir na sequência e celebrar este belo samba em tantas belas interpretações. =D

Pra fechar, um áudio de Elis falando no rádio sobre a música, sobre João Nogueira e também sobre um violonista chamado… Guinga.

BEIJA-ME #VERSÕES

O nome da música é Beija-me. Composição de Mário Rossi e Roberto Martins. O Zeca Pagodinho gravou em 2015, em um disco muito bom chamado “Acústico Gafieira”. Eu só conhecia esta versão, aí descobri uma gravação rara (e caseira) de 1958, com a mesma música interpretada por ninguém menos que João Gilberto. No arranjo de 2015 (De Rildo Hora, arranjador e maestro do Zeca) dá pra sentir uma certa influência da gravação caseira de 57 anos atrás? Eu acho que sim. Pensando que o Zeca foi com uma orquestra e o João Gilberto foi numa roda de amigos na casa de Chico Pereira. Dentro do João Gilberto também tinha uma orquestra. =D Taca o play, DJ

Agora uma versão mais atual, gravada pela cantora Ludmilla. Repare que é bem mais pop, mas carrega alguns elementos do arranjo gravado pelo Zeca, que é do genial arranjador e maestro Rildo Hora. (répare)

RIO DE LUTO

Zeca Pagodinho lançou um novo disco no dia 17/09. Uma das faixas do disco é um protesto/desabafo sobre a situação de violência no Rio de Janeiro.

Na mesma semana do lançamento do disco, a menina Ághata Félix, de 8 anos de idade, foi atingida por um disparo e morreu.

A música fala do perigo diário, da insegurança. E também relembra com nostalgia um tempo em que os cariocas não tinham que conviver com tanto medo.

A música pede orações, pede união e pede atitudes. O nome da música é Na Cara da Sociedade e o link para ouvir está logo abaixo.

WONDERFUL

Duas versões da música ‘S Wonderful.

João Gilberto, 1977

 

Ellen Andersson, 2016

 

 

🙂

A música foi composta por George Gershwin em 1927.

Versão extra, Ella Fitzgerald e Sammy Davis Jr, 1964.

CASSIANO!

Ontem foi aniversário do cantor Cassiano! Pra quem não lembra quem é, é o Genival Cassiano dos Santos. OK, isso não ajudou nada! rs Cassiano foi um grande talento da música. Sua maior atividade foi ao lado do Tim Maia, foi produtor e arranjador, “rato de estúdio”, como os músicos dizem. Compositor de músicas como “Amo Você”, “A Lua e Eu” e outras bem conhecidas. Ele está fazendo 76 anos e no Brasil pouquíssima gente fala dele.

Vou deixar aqui a música “Know-How” gravada por Cassiano e Ed Motta num disco de 1990. E em seguida, o link para ouvir este disco inteiro, que tem participações de Marisa Monte, Djavan, Cláudio Zoli, Sandra de Sá e outros.