ROMERO LUBAMBO

É tanta coisa pra falar sobre este grande ídolo da música instrumental brasileira que não sei nem por onde começar. rs

Já sei, vou começar do hoje pra trás, mesmo sabendo que não vou conseguir escrever um post à altura da importância e da relevância do Romero.

Acabou de sair o disco “At Play” do Romero Lubambo com outros grandes, enormes, gigantes nomes da música brasileira. O pianista Helio Alves, o baterista Edu Ribeiro e o baixista (que no caso não é brasileiro, mas americano) Reuben Rogers.

Segue o link do disco no Spotify.

A faixa 3 se chama “Pro Romero”. Se trata de uma composição da pianista Débora Gurgel, em homenagem ao Romero, claro. 🙂 Abaixo o vídeo da versão original da música, gravada pelo DDG4 (Dany & Débora Gurgel Quarteto, a Dani é a filha da Débora, vocal do grupo. O baixista é o Sidiel Vieira e o batera é o Thiago Rabello – só fera)

Agora e versão do próprio Romero (que está no disco, linkado acima, mas segue o link do Youtube tbm)

Eu poderia falar e linkar mais trocentas coisas maravilhosas do Romero (rs) mas vou fechar com o disco Duo, que ele gravou em parceria com Cesar Camargo Mariano em 2005. Um clássico. ❤

WONDERFUL

Duas versões da música ‘S Wonderful.

João Gilberto, 1977

 

Ellen Andersson, 2016

 

 

🙂

A música foi composta por George Gershwin em 1927.

Versão extra, Ella Fitzgerald e Sammy Davis Jr, 1964.

MUITO ALÉM DA MÚSICA

Em 2017 completa meio século que o mundo perdeu um dos maiores gênios do jazz, John Coltrane. Mas pra ele era muito mais do que jazz. Era arte. Era uma busca constante de superação e elevação. Era um contato com Deus. (!)

Pesquisando sobre o tema encontrei um podcast que fala sobre essa visão ampla que ele tinha do que considerava sua missão de vida. É um podcast do NEXO JORNAL, que fez uma abordagem muito completa e competente, citando pontos importantes e convidando músicos brasileiros para dar depoimentos.

Vou compartilhar aqui o link original do podcast. É só clicar no PLAY, vale a pena ouvir! E mais abaixo vou inserir um disco que é citado no fim do podcast, o disco que o Coltrane fez em parceria com o cantor Johnny Hartman. Um disco para acalmar o coração. eheheh 🙂

Olha aí o disco com o Hartman:

 

O podcast tem várias outras referências interessantes pra quem quiser começar a desbravar o universo desse grande cara chamado John Coltrane. (pra ouvir outros episódios ou pra assinar o podcast do NEXO, clique aqui)

JAZZ NA PRAIA

Amanhã (quarta, 11/10/17) começa oficialmente o festival Ilhabela In Jazz. (Eu disse “oficialmente” porque a cidade já está recebendo vários shows de aquecimento, programação completa aqui: https://www.ilhabelainjazz.com.br/programacao)

Na noite de amanhã vai tocar o lendário Dr. Lonnie Smith.

loonie - ilha bela.jpg

Aos 75 anos e mais produtivo do que nunca. Na mesma noite tocam Yamandu Costa e Jazz Cigano Quinteto. Nas outras noites tem Amilton Godoy, João Donato, Barbatuques, Trio Ciclos. Fiz um print das atrações de quarta a sábado:

ilha bela.png

A produção do festival fez uma playlist com músicas dos participantes deste ano:

E pra fechar eu vou deixar aqui só uma música do Dr. Lonnie Smith. Se chama Play It Back, um jazz funk nervoso responsa que abre o disco Evolution, lançado ano passado.