ELIS, JOÃO E FILHOS

“Eu Hein, Rosa” – Composição de João Nogueira e Paulo César Pinheiro.

Aqui a versão original de João Nogueira (1974), depois a versão de Elis Regina (1979) e depois de alguns anos, uma nova versão cantada pelos filhos dos dois (2016). 🙂

João Nogueira (1974)

Elis Regina (1979)

Diogo Nogueira e Maria Rita (2016)

Bom pra assistir na sequência e celebrar este belo samba em tantas belas interpretações. =D

Pra fechar, um áudio de Elis falando no rádio sobre a música, sobre João Nogueira e também sobre um violonista chamado… Guinga.

BEIJA-ME #VERSÕES

O nome da música é Beija-me. Composição de Mário Rossi e Roberto Martins. O Zeca Pagodinho gravou em 2015, em um disco muito bom chamado “Acústico Gafieira”. Eu só conhecia esta versão, aí descobri uma gravação rara (e caseira) de 1958, com a mesma música interpretada por ninguém menos que João Gilberto. No arranjo de 2015 (De Rildo Hora, arranjador e maestro do Zeca) dá pra sentir uma certa influência da gravação caseira de 57 anos atrás? Eu acho que sim. Pensando que o Zeca foi com uma orquestra e o João Gilberto foi numa roda de amigos na casa de Chico Pereira. Dentro do João Gilberto também tinha uma orquestra. =D Taca o play, DJ

Agora uma versão mais atual, gravada pela cantora Ludmilla. Repare que é bem mais pop, mas carrega alguns elementos do arranjo gravado pelo Zeca, que é do genial arranjador e maestro Rildo Hora. (répare)

RIO DE LUTO

Zeca Pagodinho lançou um novo disco no dia 17/09. Uma das faixas do disco é um protesto/desabafo sobre a situação de violência no Rio de Janeiro.

Na mesma semana do lançamento do disco, a menina Ághata Félix, de 8 anos de idade, foi atingida por um disparo e morreu.

A música fala do perigo diário, da insegurança. E também relembra com nostalgia um tempo em que os cariocas não tinham que conviver com tanto medo.

A música pede orações, pede união e pede atitudes. O nome da música é Na Cara da Sociedade e o link para ouvir está logo abaixo.

PAUL & CHICO

Hoje é aniversário do Chico Buarque. E ontem foi do Paul McCartney! O Paul nasceu em 42, o Chico em 44. Logo, o Paul completou 77 anos, o Chico, 75.

Dois grandes artistas, cada um no seu universo, cada um com a sua história. O Chico é muito respeitado no mundo do samba. Vou postar aqui uma música dele chamada “Feijoada Completa”. Essa música me lembra muito o tempo que eu tocava numa feijoada de Moema (SP), todo domingo. Essa música era sempre a primeira, logo que a feijoada era servida. Vou postar a versão do compositor, Chico, depois uma versão do Diogo Nogueira e também do seu pai, João Nogueira.

Tenho uma playlist só com “Sambas do Chico”, está aqui:

Do Paul, já tem tanta coisa nesse blog que eu nem precisaria postar nada. rs… Mas pesquei umas coisas diferentes pra não deixar o Chico roubar a cena do post! ehehe

Primeiro o clipe de uma música que o Paul gravou com o Michael Jackson.

E um trecho do programa Carpool Karaoke, com James Corden, só um trecho que eu achei com legendas em português (pra ver o vídeo inteiro, legendas só em inglês, clique AQUI)

Outros posts deste blog em que o Paul McCartney aparece:

Paul, que Show!

Yes, We Can!

Que Disco!

Só clicar pra ser teletransportado pra eles! 🙂

MANGUEIRA CAMPEÃ 2019!

Pra começar o post, o samba legendado, pra ouvir e acompanhar a letra, coisa que a Globo não fez muita questão de fazer este ano rs

E, claro, o link pra assistir de novo ao desfile. (Globoplay)

https://globoplay.globo.com/v/7386631/

É o segundo título com o carnavalesco Leandro Vieira, que logo após o desfile falou para os jornalistas:

E depois deu esta entrevista para o Jornal do Brasil.

A última vitória foi em 2016, mas eu particularmente gosto muito do samba enredo de 2017! Fiz uma playlist no Spotify com os 3 sambas, de 19, 17 e 16!

E pra quem quiser ouvir os outros sambas. Portela, Beija-Flor, Salgueiro, Mocidade, Grande Rio etc. Termino o post com o álbum das escolas do Rio:

ZECA 60 ANOS!

Hoje um grande sambista e grande artista brasileiro completa 60 anos de idade! Jessé Gomes da Silva Filho! Vulgo Zeca Pagodinho! O talento do Zeca vai muito além do Pagodinho. Figura reconhecida por grandes nomes da música brasileira como Gilberto Gil, Caetano, Maria Bethânia, Lenine, Seu Jorge, Marcelo D2 e tantos, tantos outros!

Falando nos fãs famosos do Zeca, tem uma música que pouca gente conhece chamada “Zeca Cadê Você?” A música foi gravada pelos amigos Seu Jorge, Marcelo D2 e Jorge Aragão, com participação do próprio homenageado, o Zeca.

Abaixo esta música no Youtube, mas também vai estar mais abaixo, na playlist do Spotify.

 

 

Em 2014 foi gravado um “Sambabook” para o Zeca Pagodinho. Sambabook é um show comemorativo, onde vários artistas cantam sucessos do homenageado. (também tem Sambabook pro João Nogueira, Chico Buarque e muitos outros, prócure saber rs) Abaixo, a faixa “Não Sou Mais Disso” cantada pelo gênio Gilberto Gil.

 

Pra terminar, uma playlist que criei no Spotify com minhas músicas preferidas do Zeca. 🙂

 

 

 

E pra terminar MESMO, o álbum “Acústico Gafieira” gravado em 2006. Pra mim, um dos melhores discos do Zeca. Um clássico! Com orquestra, com regravações de grandes pérolas do samba, com regência e arranjos de Rildo Hora. Veja também em DVD!

 

 

 

 

Parabéns, Zeca Pagodinho! Grande ídolo! Que sua arte continue encantando e inspirando tanta gente! Um brinde ao Zeca! =D

CHORO NA TV!

Pegue o seu melhor fone e assista este duo tocando música brasileira de raiz! rs

São Yamandu Costa e Zé Barbeiro tocando uma música do compositor e violonista brasileiro Garoto. (28/06/1915 – 03/05/1955)

A gravação faz parte do programa Brasil Toca Choro, um programa novo da TV Cultura que também está disponível no Youtube (Encontre Brasil Toca Choro no Youtube ou clique aqui)

O primeiro episódio do programa foi dedicado ao Pixinguinha. No segundo o tema é “Violões”, mas o Garoto também é muito falado (e tocado).

Bom demais. Neste episódio a pesquisadora Myriam Taubkin fala que o violão chegou ao Brasil com os espanhóis e logo foi se “embrenhando” na nossa música. Depoimentos e performances de grandes artistas. Ótima iniciativa da TV Cultura falar de choro na TV e reprisar no Youtube! rs

POLO & PAN

Dois DJs franceses, Polocorp (Paul Armand-Delille) e Peter Pan (Alexandre Grynszpan), perceberam que tinham muitos gostos musicais em comum (entre eles, música brasileira) e em 2012 resolveram formar uma dupla.

Antes de seguirem o caminho da música, Polo estudou cinema e Pan estudou desenho.

Lançaram alguns EPs e o primeiro disco mesmo só veio no ano passado. Se chama Caravelle. Eu acabei de descobrir através do stories do Instagram da cantora cabo-verdiana Mayra Andrade. rs

Um disco muito, muito bom! Destaco aqui 3 clipes que eles lançaram pra divulgar o projeto!

 

É bom ou não é? =D

E, claro, o link pra escutar o disco todo no Spotify.

A influência brasileira aparece em vários momentos e o disco tem duas músicas Made in Brasil sampleadas e arranjadas pela dupla: Nanã (Original: Cordeiro de Nanã / Mateus Aleluia) e Zoom Zoom (Original: Zum Zum / Fernando Lobo e Paulo Soledade).

Facebook: https://www.facebook.com/polopan.music

Instagram: @poloandpan

Plataformas digitais: https://polopan.lnk.to/Caravelledeluxe

CAYMMI 10 ANOS

O cantor e compositor baiano Dorival Caymmi foi um grande nome da música brasileira. Uma das mais fortes influências de João Gilberto, Caetano Veloso, Tom Jobim, Gilberto Gil, entre outros. Faleceu em 16 de agosto de 2008, ou seja, hoje completa uma década.

Entre os músicos influenciados também estão seus filhos Nana Caymmi, Dori Caymmi e Danilo Caymmi. O vídeo abaixo é de um show que comemorou os 90 anos de Dorival. No palco, os 3 filhos cantam juntos uma música do pai, em clima de descontração. E o próprio Dorival está emocionado na primeira fila, cantando e aplaudindo. (aparece bem no final do vídeo)

 

 

Neste outro, a entrevista que Dorival Caymmi deu no programa do Jô Soares em 1997.

 

Em 1981, Caetano Veloso, Gilberto Gil e João Gilberto gravaram juntos a música Milagre, outra música de Dorival.

Pra fechar, uma playlist no Spotify juntando versões de diversos artistas para as músicas de Caymmi. Entre eles, Tom Jobim, Cássia Eller, Hermeto Pascoal, Dona Ivone Lara, Caetano, Gil, Fátima Guedes, João Nogueira, Emílio Santiago, Rosa Passos, João Gilberto e outros. Dá o play aí! E viva Dorival Caymmi 🙂

YAMANDU E HERZ!

Ricardo Herz é um violinista paulistano que estudou jazz e música clássica nos Estados Unidos e na França pra depois aplicar toda técnica em ritmos brasileiros. Recentemente, gravou um disco em parceria com o violonista Yamandu Costa. E violinista e o violonista, violino e violão.

Abaixo, uma matéria no programa Metrópolis onde eles tocam a música El Negro Del Blanco, do Yamandu, e conversam um pouco com o apresentador Cunha Jr.

Aqui os dois tocam juntos a música “Mourinho”, neste show do Sesc Pompeia que o Cunha Jr. comentou na matéria.

Aqui o Ricardo toca sozinho a música “Odeon”, clássico do choro, composição de Ernesto Nazareh.

E finalmente o link para ouvir no Spotify este novo disco dos dois =D Excelente disco!